IMPORTANTE: APOSENTADOS POR INVALIDEZ SERÃO CONVOCADOS PELO INSS

IMPORTANTE: APOSENTADOS POR INVALIDEZ SERÃO CONVOCADOS PELO INSS

O governo Bolsonaro vai apertar o cinto e, mais uma vez, a barriga a ser apertada é a dos segurados do INSS. Dessa vez o alvo serão as aposentadorias por invalidez, que respondem por cerca de 18% do total de benefícios concedidos no país. A ideia da União seria baixar esse percentual para 10%. Com isso, a estimativa é de economia aproximada de R$ 100 bilhões em dez anos.

A expectativa de economia pode estar no pente-fino em três milhões de benefícios que o governo Bolsonaro vai fazer, sendo dois milhões daqueles que aguardam análise há mais de 45 dias e aproximadamente um milhão de pagamentos com indícios de fraudes e irregularidades. Neste rol estão: pensões por morte, aposentadorias rurais, auxílios-reclusão, Benefícios de Prestação Continuada (BPC), e benefícios por incapacidade. A expectativa de economia é de R$ 9,8 bilhões somente este ano.

Infelizmente no nosso país não se pensa em Previdência Social. O governo ao invés de criar uma força-tarefa para cobrar quase R$ 1 trilhão de grandes devedores, cria para cassar benefícios por incapacidade. Fica clara a negligência do governo para executar os grandes devedores e escancarado que no Brasil só quem paga a conta é o pobre, o trabalhador e o doente. Está tudo errado.

O que fazer se o seu benefício for suspenso

Em caso de suspensão do benefício de aposentadoria por invalidez o segurado deve ingressar com uma ação na Justiça Federal requerendo o restabelecimento de seu benefício, bem como o pagamento das parcelas devidas desde a data da suspensão do pagamento.